Que bolsa linda!




A história dessa Almofada é engraçada. Nunca havia tecido nada com barbante apenas com a linha que parecia barbante do post anterior. Comprei apenas um rolo de alguns barbantes do número 06 e a vendedora me garantiu que seria o suficiente. Era melhor acreditar nela, né? Eu até então só tinha feito crochê e tricô com linhas e lãs.

Assim fui para casa toda serelepe acreditando que seria super possível. Dias depois achei um square em uma revista e dei uma modificada nele e comecei. Infelizmente não deu para terminar, daí tive que ir em outra loja porque a primeira era longe e comprei um rolo com a mesma referência porém de lotes diferentes. Resultado? Squares desiguais. Mas como a necessidade é um momento de ressaltar a nossa criatividade, consegui a contento realizar compô-los uns com os outros.

Teminei de unir todos os quadrados e coloquei os botões. Era domingo e todo mundo estava reunido lá em casa. Fiquei meio que insegura sem saber se estava bom e daí perguntei. - E aí, Papa está bom?;o que mais me deixou orgulhosa foi: - Nossa guria que bolsa linda. Fiquei feliz, uma vez que ele é um homem de super bom gosto.

E aí está a almofada laranja 50X50 cm. Tecida com barbante no. 6.




Essa peça é única e mora em um lugar com muito glamour que tem cheiro de cravo e canela, mas se você quiser uma bem parecida estamos abertos a encomendas tá?! É só comentar!


crochetique@gmail.com ou http://www.facebook.com/crochetique?ref=hl

Comentários

  1. Mais uma linda almofada e reinando majestosa!!! Esse negócio de comprar fio a menos e depois não encontrar do mesmo lote é muito ruim. Por isso já fiz um acordo com o armarinho onde faço compras. Apresentando o cupom fiscal eles trocam pra mim. Agora não fico com novelos intactos e sem necessidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sônia, confesso que fiquei muito aliviada com o resultado final. Estava precisando muito fazer um acordo desse. Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Artesanato para casamento. Etapa 1- Coração.

Comer, ler e crochetar

"Um caso perdido" - Colleen Hoover