Artes em si!

No século XVIII, todos os trabalhos tidos como manuais eram considerados degradantes e a pessoa que não o praticasse era passível de estar eternamente a margem da sociedade.

Com o passar dos séculos, os trabalhos manuais ainda ocupam na sociedade um espaço descaracterizado entre o que é pouco visto e o que é ressaltado. Artistas como Ágata Olek e outros no próprio Brasil possuem ideias mirabolantes com o crochê e utilizam a mão de obra de centenas de artesão a preços minúsculos e degradantes.

Estamos falando de arte e integração. Não apenas uma integração social, mas aquela que fornece o verdadeiro valor ao artista e ao artesão com a sua obra em curso. Artigos de decoração também são obras de arte. Quadros expressão máxima dos sentimentos e sentidos do próprios artesão que se confunde com a própria linha, agulha, teia.

O crochê tão somente como um trabalho manual, já não seria degradante por ser um trabalho bonito, justo e digno. Trabalhá-lo com cores, detalhes, inovações é sim uma bela arte e que não deixa nada a desejar as telas brancas, pinceis e tintas. Pois também, temos tela, linhas e agulhas.

Abaixo seguem algumas fotos. Quem souber os créditos das imagens, por favor me informem para que eu possa inserí-los.








Comentários

  1. Olá! Tudo bem?
    Passando pra dizer que te citei lá no meu blog e que ficaria imensamente feliz com sua participação.
    Passa lá para conferir!
    Abraços
    Ah e claro, amei as idéias e sugestões do post! As almofadas e as cadeiras!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michele, conosco está tudo bem sim! Ah obrigada pela citação eu dei uma espiada por lá...
      Abraços, Renata!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Artesanato para casamento. Etapa 1- Coração.

Comer, ler e crochetar

Combo Pronta Entrega